Jornal Extra Classe - Jornalismo além da superfície
11/10/2018
POLÍTICA

Entidades representativas das religiões monoteístas se unem em defesa “da civilização e do direito de todos os seres humanos conviverem em paz e harmonia”
Marcelo Menna Barreto
Dom Leonardo Steiner, Secretário-Geral da CNBB: proteção do meio ambiente, atenção a indígenas e quilombolas, democracia e combate à corrupção

Foto: CNBB/ Divulgação

Dom Leonardo Steiner, Secretário-Geral da CNBB: proteção do meio ambiente, atenção a indígenas e quilombolas, democracia e combate à corrupção

Foto: CNBB/ Divulgação

Em contraposição ao apoio de lideranças evangélicas conservadoras ligadas a Edir Macedo e Silas Malafaia ao candidato de extrema-direita Jair Bolsonaro (PSL), a candidatura de Fernando Haddad (PT) recebeu nesta quinta-feira, 11, manifesto de entidades ligadas às três religiões monoteístas do mundo. Judeus, Cristãos e Muçulmanos pedem votos ao candidato da frente democrática afirmando: “Todos aqueles que professam a sua fé em Deus e nos valores éticos e morais do monoteísmo estão conosco a favor da civilização e do direito de todos os seres humanos conviverem em paz e harmonia”. Na manhã desta quinta-feira, 11, Haddad se reuniu com a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) que, mesmo dizendo não ter partido nem candidato, pediu especial atenção à questão indígena e quilombola, pautas que não contam com o apoio do candidato do PSL.

Em um gesto inusitado na história da política brasileira, as três religiões originadas do mesmo patriarca, Abraão, enfatizam no documento que são Judeus, Cristãos e Muçulmanos irmanados por um Brasil para todos e contra o obscurantismo. “Possa Nosso Deus único nos proteger, permitindo que o bem vença o mal, o amor e a compaixão vençam o ódio que foi semeado no coração de cidadãos brasileiros e que nos ajude fazendo com que todos retornem à consciência da palavra de Deus em suas ações! Por tudo isso nós conclamamos o apoio aos candidatos Fernando Haddad e Manuela D’Ávila, através do seu voto”, enfatiza o documento.

Para o Secretário-Geral da CNBB, Dom Leonardo Ulrich Steiner, a CNBB é uma instituição aberta ao diálogo com pessoas e grupos da sociedade brasileira. “É comum, em período eleitoral, que candidatos de diversos partidos e grupos políticos solicitem agenda e sejam recebidos, sem a presença da imprensa”, disse Dom Leonardo. O bispo ainda fez questão de destacar que Haddad não foi pedir apoio, mas expor suas propostas de governo e sua preocupação com o Brasil. “Da minha parte, abordei com o candidato assuntos que preocupam os bispos do Brasil: a não legalização do aborto, a proteção do meio ambiente, atenção especial à questão indígena e quilombola, a defesa da democracia e o combate rigoroso à corrupção”, finalizou.

A seguir, a íntegra do manifesto de Judeus, Cristãos e Muçulmanos

Nós membros dos movimentos que subscrevem este manifesto, vimos a público neste momento decisivo em que a barbárie desafia a civilização, nos manifestar em nome da democracia.

Somos parte das três religiões monoteístas do mundo. Acreditamos em um Deus de bondade e de amor. Um Deus que ama todas suas criaturas, não importa sua cor ou seu gênero. Ele nos fez à sua semelhança, e nossa diversidade é a prova de um Deus que está em cada um de nós.

Toda vez que a fé foi utilizada para promover a paz, tivemos progresso e convivência pacífica entre os seres humanos. Mas quando utilizaram dela para promover o ódio, tivemos os piores períodos da nossa história.

Não podemos colaborar para que estes tempos sombrios voltem a surgir entre nós. A barbárie que bate a nossa porta não pode entrar.

O Judaísmo trouxe ao mundo a Bíblia Hebraica, o Cristianismo trouxe ao mundo os Evangelhos e o Islã o Alcorão, livros sagrados que orientam o ser humano a um mundo de respeito ao próximo.

Todos aqueles que professam a sua fé em Deus e nos valores éticos e morais do monoteísmo estão conosco a favor da civilização e do direito de todos os seres humanos conviverem em paz e harmonia. Judeus, cristãos e muçulmanos irmanados por um Brasil para todos e contra o obscurantismo.

Possa Nosso Deus único nos proteger, permitindo que o bem vença o mal, o amor e a compaixão vençam o ódio que foi semeado no coração de cidadãos brasileiros e que nos ajude fazendo com que todos retornem a consciência da palavra de Deus, em suas ações!

Por tudo isso nós conclamamos o apoio aos candidatos Fernando Haddad e Manuela D’Ávila, através do seu voto.

Judeus contra Bolsonaro
Articulação Judaica
Movimento Nossa Voz – SP
Igreja Anglicana Latino Americana – MG
Frente de Evangélicos pelo Estado de Direito
Abrahamicos Unidos – Rio de Janeiro
Mesquita Sumayyah Bint Khayyat – Embu das Artes-SP
Comissão Justiça e Paz – SP
Judeus Progressistas do Brasil – Juprog
Grupo Católico de Oração e Solidariedade Rio Maria-RJ
Cristãos e Cristãs contra o fascismo

Marcado , .Adicionar aos favoritos o permalink.
© Copyright 2014, Jornal Extra Classe - Todos os direitos reservados.

Os comentários estão encerrados.


CONTEÚDOS RELACIONADOS