Jornal Extra Classe - Jornalismo além da superfície
Nº 086 | Ano 9 | Out 2004
ENSINO PRIVADO
ELEIÇÃO

Com 95% do total de votos, a chapa Sinpro/RS Mais foi eleita para ficar à frente do Sindicato dos Professores do Ensino Privado do Rio Grande do Sul (Sinpro/RS) no triênio 2004/2007. O resultado foi anunciado pela comissão eleitoral no dia 17 de setembro. Única chapa inscrita, Sinpro/RS Mais recebeu 9.874 votos de um total de 10.389. A eleição – a maior da história do Sindicato em número de eleitores – 14.562 – aconteceu de 14 a 16 de setembro. 71% dos eleitores foram às urnas.

Para Cecília Bujes, diretora do Sinpro/RS e integrante da chapa eleita, o resultado demonstra que a categoria está sintonizada com a política implementada pelo Sindicato e com as propostas para o próximo período. “Esta confiança depositada na nova diretoria determina uma responsabilidade ainda maior para esta nova gestão”, disse, destacando como grande desafio manter o Sindicato numa trajetória de crescimento, num ambiente cada vez mais complexo.

Para o também diretor Cássio Bessa, embora uma única chapa tenha concorrido, foi expressiva a participação dos professores que, através do voto, legitimaram o processo, respaldando, assim, o trabalho que a direção do Sinpro/RS vem desenvolvendo nos últimos três anos.

A composição da chapa Sinpro/RS Mais, que tem entre seus integrantes membros da direção do Sindicato, é caracterizada pela diversidade, observa o novo diretor eleito, Paulo Roberto Ramos. “Há professores que lecionam no ensino fundamental, outros no ensino médio e outros na educacão superior. Associado ao Sinpro/RS há cerca de dez anos, Paulo Ramos comemora o índice de 95% de votos obtidos pela Chapa Um. “É bastante expressivo e não deixa dúvidas de que quem votou acredita no que está sendo realizado pelo Sinpro/RS.”

“Eleição sempre é um processo democrático interessante”, avalia Maria Ignez Tororelli Torrens, professora de Língua Portuguesa e Literatura, que participou do pleito. “Ultimamente estamos sendo muito bem representados pelo Sinpro/RS. É muito importante ter pessoas representantes que ajudem o professor na luta de seus interesses e de seu crescimento profissional.”

Arnaldo Walter Doberstein, professor de História da PUC, associado desde o final dos anos 80 ao Sindicato, diz que não tem dúvidas de que todas as conquistas da categroia foram fruto de enfrentamentos com os patrões. A situação favorável hoje é resultado de uma seqüência de enfrentamento do Sindicato e dos professores no passado”.

As propostas da chapa eleita podem ser conferidas na íntegra no sitewww.sinprors.org.br. A nova diretoria assume oficialmente o Sinpro/RS no dia 20 de outubro. Mas as comemorações serão realizadas no dia 16 de outubro, durante o Baile do Professor, em Porto Alegre

Marcado .Adicionar aos favoritos o permalink.
© Copyright 2014, Jornal Extra Classe - Todos os direitos reservados.

Os comentários estão encerrados.


CONTEÚDOS RELACIONADOS