Jornal Extra Classe - Jornalismo além da superfície
Nº 170 | Ano 17 | Dez 2012
ENSINO PRIVADO
ULBRA

Em Assembleia a ser realizada ainda na primeira quinzena de dezembro, os professores da Ulbra irão analisar o agravamento da situação de atrasos salariais e deliberar sobre uma proposta negociada com a Reitoria para pagamento dos próximos vencimentos e das multas pelos atrasos.

Em reunião dos representantes dos sindicatos de professores e de funcionários técnicos e administrativos com a Reitoria, no dia 3, foram discutidas as alternativas para o pagamento dos próximos salários. “A expectativa é de um quadro de dificuldades face ao recrudescimento dos problemas da instituição, o que já se expressa nos atrasos salariais ocorridos nos últimos meses e tende a se agravar no final do período letivo e em 2013”, avalia Marcos Fuhr, diretor do Sinpro/RS.

Os representantes da Ulbra atribuem as dificuldades ao comprometimento do fluxo de caixa devido a bloqueios judiciais e ao impedimento de ingresso de novos alunos na Educação a Distância. A modalidade estava impedida de receber a inscrição de novos alunos, devido a um Termo de Saneamento de Deficiências firmado com o MEC em 2008 e recentemente encerrado.

Marcado .Adicionar aos favoritos o permalink.
© Copyright 2014, Jornal Extra Classe - Todos os direitos reservados.

Os comentários estão encerrados.


CONTEÚDOS RELACIONADOS