Jornal Extra Classe - Jornalismo além da superfície
Nº 080 | Ano 9 | Abr 2004
EDUCAÇÃO

Keli Lynn Boop

No primeiro dia da abertura das inscrições e lançamento oficial do III Fórum Mundial de Educação, que aconteceu no último dia 26 de março e contou com a presença do Ministro da Educação Tarso Genro, mais de 2 mil pessoas já haviam feito suas inscrições para o evento, que vai acontecer em Porto Alegre de 28 a 31 de julho. “Pretendemos chegar a 20 mil inscritos, e a principal plataforma mundial de educação desta edição é tirar um plano de metas desse encontro. “Nos outros fóruns, foi uma carta final; neste, queremos sair da carta para uma proposição mais concreta”, disse o coordenador executivo do Fórum Mundial de Educação, Francisco Rodrigues.

Com o tema geral “A Educação para um Outro Mundo Possível” serão realizadas, na terceira edição do FME, três conferências, cinco debates temáticos, atividades organizadas pelas entidades que compõem a Comissão de Organização, exposição de pôsteres dos participantes e apresentações culturais. O Gigantinho, a PUC e a Usina do Gasômetro são alguns locais nos quais estão programadas as atividades.

Além da presença do Ministro da Educação, a solenidade de abertura do III Fórum Mundial de Educação teve a presença do prefeito de Porto Alegre, João Verle; a secretária Municipal de Educação, Sofia Cavedon; e as entidades que integram o Comitê Organizador do Fórum Mundial de Educação. Na abertura, o membro do secretariado Internacional do Conselho Internacional do Fórum Social Mundial e diretor da Associação Brasileira de Organizações Não-Governamentais (ABONG), Sérgio Haddad, apresentou uma miniconferência intitulada Mombai a Porto Alegre: a importância da educação para a construção de Um Outro Mundo Possível.

Durante o evento, foi feito, através do Ministro Tarso Genro, um convite ao presidente da República, Luis Ignácio Lula da Silva, para participar da abertura do Fórum, em 28 de julho. Também foi solicitado que o MEC contribua financeiramente com a realização III FME.

ORGANIZAÇÃO – Conforme o coordenador executivo do FME, Francisco Rodrigues, a organização dessa edição do FME está com uma nova estrutura que amplia o caráter democrático do evento ao constituir-se em uma rede permanente de mobilização mundial, integrada por movimentos sociais e organizações da sociedade civil, comprometidas com a construção de um mundo melhor, onde a luta pela educação está incluída. “Neste ano, a importância e presença da Prefeitura é a mesma que a de uma instituição qualquer, como um sindicato”, explica o coordenador, destacando que, em nível mundial, o FME terá a presença de representantes de países como Estados Unidos, Itália, França, Índia, Inglaterra, entre outros.

A nova estrutura organizativa do FME é constituída pelo Conselho Internacional (CI) e pela organização do III FME, integradas por entidades nacionais e internacionais, responsáveis pela articulação dos Fóruns Regionais e Temáticos, que serão realizados em vários países e pela organização do III FME.

Inscrições – As inscrições para participantes já estão abertas e podem ser feitas pela internet no www.forummundialdeeducacao.com.br

Inscrição de trabalhos para participantes – As pessoas que irão participar da terceira edição do Fórum Mundial de Educação (FME) já podem inscrever pôsteres. O Comitê Organizador (CO) do FME definiu 19 temáticas para apresentação de trabalhos. O prazo para inscrição é até o dia 15 de abril de 2004.

Fórum São Paulo – De 1º a 4 de abril, acontece o Fórum preparatório ao Fórum Mundial de Educação. O tema é Educação Cidadã para uma Cidade Educadora. Mais informações: www.forummundialeducacao.org.

Marcado .Adicionar aos favoritos o permalink.
© Copyright 2014, Jornal Extra Classe - Todos os direitos reservados.

Os comentários estão encerrados.


CONTEÚDOS RELACIONADOS