Jornal Extra Classe - Jornalismo além da superfície
Nº 199 | Ano 20 | Nov 2015
ENSINO PRIVADO
CONSCIÊNCIA PROFISSIONAL

O impacto da terceirização no ensino privado foi o tema da 4ª Semana da Consciência Profissional, atividade realizada anualmente pelo Sinpro/RS desde 2012
Professores discutem sobre a terceirização no ensino privado

Foto: Edimar Blazina | Ascom Sinpro/RS

Professores discutem sobre a terceirização no ensino privado

Foto: Edimar Blazina | Ascom Sinpro/RS

Entre os dias 5 e 9 de outubro, a direção do Sindicato dos Professores do Ensino Privado do Rio Grande do Sul intensificou suas visitas aos professores nas instituições de ensino de todo o estado com a proposta de ouvi-los sobre a terceirização no ensino privado. Tema da 4ª edição da Semana da Consciência Profissional, a terceirização da atividade-fim (PL 4.330/2004) foi aprovado na Câmara de Deputados e encaminhado ao Senado Federal (PLC 30/2015).

Durante a visita dos dirigentes do Sinpro/RS, diversos professores se mobilizaram para produzir e colher assinaturas em um documento contrário ao PL da terceirização. “Nossa ideia é enviar aos senadores gaúchos o manifesto”, declarou um dos professores que coordenou o movimento em uma escola da zona sul de Porto Alegre. “Eu sou contra. Isso é péssimo, todos perdem como profissionais, tudo passa a ser baseado no lucro”, reflete professora da capital. “Nossas conquistas como categoria, ficam todas perdidas”, afirma professor do interior do estado.

AVALIAÇÃO – Em reunião, a direção do Sinpro/RS avaliou como positiva a 4ª Semana da Consciência Profissional. “Os professores do ensino privado estão atentos aos perigos que projetos como o PL 4.330 significam”, explica Luciano Guedes, diretor do Sindicato. Segundo relatos dos dirigentes, durante as visitas às instituições, de forma geral, os professores manifestaram-se contrários ao Projeto. “Somente com a mobilização e pressão dos professores e demais trabalhadores é que projetos que retiram direitos não passarão no Congresso Nacional”, afirma Cássio Bessa, diretor do Sinpro/RS. No site do Sinpro/RS, artigos, reportagens e outros materiais são oferecidos como apoio e complemento ao debate.

Marcado .Adicionar aos favoritos o permalink.
© Copyright 2014, Jornal Extra Classe - Todos os direitos reservados.

Os comentários estão encerrados.


CONTEÚDOS RELACIONADOS