EDUCAÇÃO

Professores da educação infantil do ensino privado de Porto Alegre serão vacinados na quinta-feira, 3

Dois postos de Saúde, o Iapi, na Zona Norte, e o Modelo, no bairro Santana, atenderão os profissionais das 8h às 16h, por ordem alfabética da inicial do nome próprio
Por Redação / Publicado em 1 de junho de 2021

Foto: Anselmo Cunha/PMPA

Ao todo, 3.500 profissionais receberão a imunização nesta etapa

Foto: Anselmo Cunha/PMPA

A prefeitura municipal de Porto Alegre decidiu antecipar para a próxima quinta-feira, 3, a vacinação dos professores da educação infantil da rede privada ensino, prevista inicialmente para a próxima semana.

“Da mesma forma que conseguimos atender os professores da educação infantil do município, queremos estender a vacinação para a rede privada e, com isso, contemplar praticamente a totalidade desta etapa. Sabemos a importância da vacinação destes profissionais. Por isso, optamos por não interromper o processo iniciado com os professores municipais”, observa a secretária municipal de Educação Janaina Audino.

A vacinação dos professores das escolas privadas acontecerá em dois postos de saúde, das 8h às 16h, e o atendimento será dividido por ordem alfabética da inicial do nome próprio de cada profissional.

Para a Unidade de Saúde IAPI, na Zona Norte, deverão se dirigir as pessoas com primeiro nome iniciando pelas letras de A até L. Já aqueles cujo nome se inicia pelas letras M a Z, deverão procurar a Unidade de Saúde Modelo, no bairro Santana.

Esse critério foi organizado para que não haja um grande número de pessoas no mesmo local. Será necessária a apresentação de declaração de vínculo emitida pela Secretaria Municipal de Educação (Smed), documento com foto e contracheque.

Ao todo, 3.500 profissionais receberão a imunização nesta etapa.

O Sindicato dos Professores do Ensino Privado do Rio Grande do Sul (Sinpro/RS) saudou a decisão da prefeitura de incluir os professores de todas as redes na vacinação. “Não fazia sentido discriminar os professores estaduais e particulares. Todos estão muito expostos ao vírus pela própria natureza do trabalho docente”, destacou.

O Sindicato vem reivindicando desde o ano passado a imunização dos professores para garantir uma retomada das atividades presenciais de forma mais segura. “Temos a convicção de que o ensino presencial é fundamental para uma educação de qualidade.”

As aulas presenciais nas escolas do Rio Grande do Sul foi autorizada pelo governador Eduardo Leite no dia 3 de maio por meio da extinção do sistema de bandeiras.

Continua nesta quarta, 2, a vacinação da rede pública de ensino

Segundo a prefeitura municipal, a vacinação da rede pública municipal, iniciada nesta terça-feira, 1º, com os profissionais das escolas próprias, terá prosseguimento na quarta-feira, 2. Receberão a primeira dose do imunizante da Pfizer os trabalhadores em educação das escolas comunitárias conveniadas e remanescentes dos grupos anteriores.

Também terá início nesta quarta a imunização de professores e servidores de escolas da rede pública estadual, da educação infantil e ensino fundamental.

As vacinas estarão disponíveis em 12 postos de saúde:

US Belém Novo – Rua Florêncio Farias,195 – Bairro Belém Novo
Clínica da Família Álvaro Difini – Rua Álvaro Difini, 520 – Bairro Restinga
US Morro Santana – Rua Marieta Menna Barreto, 210 – Bairro Protásio Alves
Centro de Saúde Santa Marta – Rua Capitão Montanha, 27 – Centro Histórico
Centro de Saúde Modelo – Avenida Jerônimo de Ornelas, 55 – Bairro Santana
US Santa Cecília – Rua São Manoel, 543 – Bairro Santa Cecília
Centro de Saúde IAPI – Rua Três de Abril, 90 – Bairro Passo da Areia
US Glória – Avenida Oscar Pereira, 3229 – Glória
US Moab Caldas – Avenida Moab Caldas, 400 – Bairro Santa Tereza
US Camaquã – Rua Professor Dr. Pitta Pinheiro Filho, 176 – Bairro Camaquã
US São Carlos – Avenida Bento Gonçalves, 6670 – Bairro Partenon
US Rubem Berta – Rua Wolfram Metzler, 675 – Bairro Rubem Berta

Com informações da Assessoria de Comunicação da prefeitura Municipal de Porto Alegre

Comentários

Siga-nos